Maratona de Porto Alegre: 8 coisas para fazer na cidade

Veja nossas dicas de o que fazer para aproveitar a capital dos gaúchos no final de semana da Maratona de Porto Alegre.

A Maratona Internacional de Porto Alegre acontece neste domingo, 18 de maio. Centenas de corredores devem chegar a capital gaúcha para participar da prova mais tradicional da cidade.

Para quem não conhece a capital dos gaúchos, selecionamos 8 atividades que devem ser consideradas no final de semana da prova:

Foto: Correr pelo Mundo

1.    Saborear o tradicional churrasco gaúcho

Impossível – e inaceitável! – deixar Porto Alegre sem provar o tradicional churrasco. A dica, para quem procura um restaurante bem tradicional, repleto de locais, delicioso e com preço adequado é o Restaurante Barranco (Av. Protásio Alves, 1578 –www.restaurantebarranco.com.br). O local é ponto de encontro nos sábados e domingos. Aberto há 45 anos, a picanha, o lombo com queijo e a polentinha de entrada são imperdíveis.

2.    Aproveitar os bares, cafés e restaurantes do bairro Moinhos de Vento

O bairro mais sofisticado de Porto Alegre – Moinhos de Vento – tem 3 das ruas mais charmosas da cidade: Padre Chagas, Fernando Gomes e Dinarte Ribeiro. Nestas ruas, você encontrará alguns dos bares, cafés e restaurantes mais disputados nos finais de semana (mas com preços não muito econômicos). Uma boa opção é o Vilaró (Rua Fernando Gomes, 140), seu ambiente charmoso com inspiração uruguaia e suas quartas e domingos de noite de delicioso entrecot por R$12,90. Para quem ama doces, a dica é passar na Torta de Sorvete (Rua Padre Chagas, 217) e pedir uma fatia da tradicional torta de sorvete (e querer pedir mais depois). E para quem gosta de ver e ser visto, o Dublin Irish Pub é o lugar para se divertir, com um cardápio variado de bebidas e petiscos.

3.    Treinar – ou simplesmente passear – nos parques da cidade

Aproveite a manhã de sábado para fazer um treino leve, ou somente passear pelo Parque da Redenção. Nos sábados pela manhã o parque fica repleto de gente, que aproveita o local, que conta ainda com a feira de produtos orgânicos, e também treinar (uma volta no parque tem cerca de 2,5km). O parque Moinhos de Vento – ou simplesmente Parcão  também é uma excelente opção. Embora menor, é um dos locais preferidos dos porto-alegrenses para curtir um dia de sol no outono.

Ir na Banca 40 do Mercado Público

Quem disse que no frio não se toma sorvete? A Banca 40 do Mercado Público oferece um dos melhores e mais tradicionais sorvetes da cidade. Aberta há mais de 80 anos, a Banca 40 tem, como carro chefe a Bomba Royal (salada de frutas, três bolas de sorvete e nata batida).

5.    Visitar a Fundação Iberê Camargo

Um dos novos cartões postais de Porto Alegre é a Fundação Iberê Camargo, à beira do Guaíba. A construção, de concreto branco, chama a atenção e é destaque de quem segue para a zona sul da cidade. O local apresenta grande acervo do pintor Iberê Camargo, com mais de 4.000 obras em seu acervo. Fica aberto de terça a domingo e tem entrada gratuita.

6.    Visitar a Usina do Gasômetro

Outro cartão postal de Porto Alegre, é passeio obrigatório para quem conhece a capital dos gaúchos. No final de tarde, é boa pedida para curtir o por do sol, às margens do Guaíba. O local foi inaugurado em 1928, com o objetivo de fornecer energia elétrica à base de carvão mineral para a cidade. Foi desativada em 1974, e em 1991 foi aberto como um espaço cultural para a população. Ali também é o local que é ponto de partida para o treinamento de muitos corredores da cidade.

7.    Usar a Linha Turismo

Quem quiser ter uma ideia geral da cidade mas não dispõe de muito tempo, a dica é a Linha Turismo. Com o segundo andar aberto, é possível curtir o visual de Porto Alegre no passeio, que funciona de terça a domingo, com duas opções de roteiro: Centro Histórico e Zona Sul. Mais informações sobre o percurso e entradas no site www.portoalegre.travel

8.    Conhecer o Centro Histórico

Se você gosta de arte, uma visita ao Centro Histórico de Porto Alegre é ótima opção para o roteiro. Inclua uma visita no MARGS – o Museu de Arte do Rio Grande do Sul, com um dos melhores acervos do estado, incluindo obras de Cândido Portinadi e Di Cavalcanti (aproveite a visita para uma refeição ou café no Bistrô do MARGS). No Centro Histórico estão ainda a Catedral de Porto Alegre, o Theatro São Pedro e o Palácio Piratini, sede do governo do estado.

Deixe um comentário