Meia Maratona A Tribuna-Praia Grande 2013 abre inscrições nesta terça

Em percurso totalmente plano, 10ª Meia Maratona A Tribuna-Praia Grande será disputada no dia 1º de setembro e abre inscrições na terça-feira

Em percurso totalmente plano, 10ª Meia Maratona A Tribuna-Praia Grande será disputada no dia 1º de setembro e abre inscrições na terça-feira

Crédito foto: Fabiano Ignácio

Com um percurso totalmente plano, sendo metade com a orla da praia como cenário, e apontada como uma das mais rápidas do País, a Meia Maratona A Tribuna-Praia Grande chega à 10ª edição no dia 1º de setembro, reunindo 3.100 atletas. As inscrições serão abertas na terça-feira (16) e devem ser feitas exclusivamente pela internet, no site www.triesportes.com.br.

Mais uma vez, o grande atrativo será o trajeto feito em avenidas largas, com três grandes retas, ao nível do mar. Junto à prova principal, o evento conta com uma corrida participativa de 10 km, como forma de incentivo àqueles que ainda não conseguem completar os 21.097 metros.

“Essa é uma prova atraente para quem quer melhorar sua marca pessoal ou está iniciando na distância, por ser plana, sem subidas, com grandes retas e com a praia como visual do km 11,5 ao 20,5, o grande cartão postal da Cidade”, afirma o diretor geral do evento, Marcos Clemente Santini.

A largada e chegada da 10ª Meia Maratona A Tribuna Praia Grande serão realizadas em frente ao prédio da Prefeitura, na Vila Mirim. Os primeiros nove quilômetros são percorridos na Avenida Kennedy, uma das principais da Cidade. Na sequência, os atletas pegam a Avenida Marechal Mallet, um pequeno trecho na Avenida Brigadeiro Faria Lima e mais nove quilômetros pela orla, na Avenida Presidente Castelo Branco.

Na briga pelas vitórias, os campeões do masculino e feminino ganharão R$ 5 mil, os vices, R$ 3 mil, os terceiros R$ 2,5 mil, os quartos colocados R$ 2 mil, enquanto que os quintos, R$ 1,5 mil. Nas categorias amadoras, os três primeiros de cada faixa etária ganharão troféus (entregues na residência), sendo que todos que concluírem o percurso, tanto da meia quanto dos 10 km, receberão medalhas de participação. “Na corrida de 10 km não teremos premiação. O objetivo é mais o incentivo”, afirma o coordenador geral do evento, Davidson Iuspa.

As inscrições abrem na terça-feira (16), às 10 horas, e seguem até o dia 15 de agosto, ou até completar o limite de 3.100 atletas (somando as duas provas). Para garantir vaga, é preciso acessar o www.triesportes.com.br. A taxa é de R$ 65,00, sendo que associados do Clube A Tribuna pagam R$ 60,00 e maiores de 60 anos têm desconto de 50%. Já quem optar pelo Pelotão Premium (só para a meia maratona), o valor é de R$ 200,00.

Os atletas terão à disposição seis postos de hidratação no percurso da Meia Maratona, nos quilômetros 3, 6, 9, 12, 15 e 18 e três na corrida de 10 km, no 3, 5 e 7, além da distribuição de água na chegada. A organização da prova disponibilizará estacionamento gratuito aos competidores, próximo ao local de largada.

HISTÓRICO

Criada em 2004, a Meia Maratona A Tribuna Praia Grande sempre teve como destaque o percurso feito em grandes retas planas. Desde a primeira edição, nomes de ponta marcaram presença. O maratonista representante brasileiro nos Jogos Olímpicos de Londres, Franck Caldeira, venceu na estreia da prova, com 1h02min29s, melhor tempo registrado até agora.

Outros corredores famosos também estão na lista de campeões, como Marizete Rezende (também recordista com 1h13min50s), Marcia Narloch, Maria Zeferina Baldaia, Sirlene Pinho e Giovani dos Santos. Os quenianos venceram duas vezes no masculino e duas no feminino.

Em 2011, as vitórias ficaram com o mineiro Giovani dos Santos, bronze nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, nos 10 mil metros, cruzando a linha de chegada em 1h04min02s, com uma vantagem de 23 segundos sobre o queniano Nicholas Keter. No feminino, a segunda vitória seguida do Quênia, com Dorcas Kiptarus, em 1h18min09s.

No ano passado, os africanos dominaram no masculino, com vitória de James Cheboi Kimaiyo, do Quênia, em 1h05min576s, seguido de Saidi Makula, da Tanzânia. Já entre as mulheres, a disputa ficou entre dois grandes talentos da região, com vitória da experiente Maria dos Remédios Castro, aos 43 anos de idade, com o tempo de 1h16min56s, superando Sirlene Souza de Pinho, que já foi campeã em 2005. Entre os cadeirantes, vitória de Carlos Neves, o Carlão, com 58min58s.

Deixe um comentário