Avignon

E um dia da nossa semana em Provence foi dedicado a Avignon.

E um dia da nossa semana em Provence foi dedicado a Avignon.

A pouco mais de uma hora de carro (pela auto-estrada) da nossa base, Aix en Provence, encontramos uma Avignon com temperaturas e movimento dignos do mês de agosto: 30°C e a parte histórica, bares e restaurantes completamente tomados por viajantes.

No mapa, o caminho entre Aix e Avignon

Como só tínhamos o dia, fomos direto para a região histórica da cidade, repleta de locais que são Patrimônios da Humanidade pela UNESCO.

Mas antes, a batalha foi em encontrar lugar para estacionar: tem que ter um pouco de paciência para encontrar um lugar (pago) para estacionar na região histórica, ainda mais na alta temporada: o movimento é grande, há algo de congestionamento, as ruas são muito estreitas e todo mundo quer estacionar por ali também.

Avignon foi, na Idade Média, capital do cristianismo, e o Palácio dos Papas é, sem dúvida, um dos grandes atrativos da cidade.

Céu azul em Avignon, digno de mês de agosto! Em frente ao Palácio dos Papas (foto: Correr pelo Mundo)

As muralhas da cidade foram construídas logo depois da mudança dos Papas para Avignon, e é impressionante o bom estado de conservação.

As Muralhas de Avignon (foto: Correr pelo Mundo)

Na região entre as muralhas há uma grande avenida, a Cours Jean Jaurès, onde ficam grandes restaurantes, lojas e bares…

A Cours Jean Jaurès (fotos: Correr pelo Mundo)

…mas o charme de Avignon está em explorar as estreitas ruas espalhadas por ali…

… e não deixar, de jeito algum, de passar pela Pont Saint-Bénezet. Esta construção medieval, que é Patrimônio da Humanidade, foi construída entre 1171 e 1185 – e parte dela foi destruída em 1226, após o cerco da cidade por Luís VIII. Depois disso, os moradores reconstruíram a ponte, que não resistiu aos anos e ao alto custo de manutenção. Hoje, a ponte possui apenas 4 dos 22 arcos originais.

(foto: Correr pelo Mundo)

Leia também:

Uma semana de carro pela Provence

Deixe uma resposta