Düsseldorf – Diário de Viagem – Dia 02

Muito calor em um dia de conhecer o centro antigo e alguns parques de Düsseldorf. Leia os detalhes do dia 2 de nosso diário de viagem!

Hoje o dia foi reservado para conhecer a cidade e alguns pontos onde passará a maratona amanhã. Pela manhã, pegamos o HopOn HopOff, o ônibus turístico da cidade. Ele percorre os principais pontos e tem 8 paradas onde podemos descer ou subir – daí o nome!

Um ótimo presente na viagem foi o clima tropical. Durante todo o dia, mais de 20°C e certamente mais de 30°C na hora do almoço, sob o sol – o calor foi um pouco aliviado depois de passar em sorveteria de brasileiros ao lado esquerdo da torre do Museu Marítimo, às margens do Reno.

A primeira grande atração do percurso é a Königsallee, uma das principais ruas de comércio de luxo da Alemanha, à direita de quem está no ônibus, com cerca de 1km de extensão. À esquerda, edifícios de grandes bancos alemães, que fazem de Dusseldorf o segundo polo bancário da Alemanha. E no centro, um canal que deixa a rua ainda mais bonita. Seguimos para a Burgplatz (onde fica o Museu Marítimo) e de lá um dos pontos altos da cidade: o centro antigo e a margem do Rio Reno, o Rio navegável mais importante da Europa e que corta Düsseldorf pela distância de uma maratona: 42km. Vimos muitos turistas e locais aproveitando o calor nos parques que ficam à beira do Rio; e os barzinhos, claro, sempre lotados com muitas pessoas bebendo sua cerveja.

A Königsallee (crédito foto: Correr pelo Mundo)

Ainda na margem direita do Rio Reno, fomos à Torre Rheinturm, a maior da cidade, que possui um restaurante giratório que faz a volta total sobre seu eixo em uma hora. Excelente pedida para os turistas apreciarem a bonita cidade.

A Torre Rheinturm (crédito foto: Correr pelo Mundo)

Passamos à outra margem do Rio. É a menor parte da cidade, mas não menos bonita. Tem um ar mais de interior, com muitas casas, jardins e inclusive um local determinado para plantações particulares, isso é: você tem uma casa na rua em frente ao Rio e do outro lado tem sua área para plantar seus temperos, frutas, verduras… talvez por isso não tenhamos visto um grande “mercado”, sempre tão marcantes nas cidades.

Detalhe das fachadas do bairro de Oberkassel (crédito foto: Correr pelo Mundo)

Voltando à margem direita vimos o imponente Nordpark e descemos para finalizar o passeio no Holfgarten: tênis nos pés, foi hora de correr no parque com um lindo lago, com vegetação fechada em alguns trechos e um clima romântico no ar – além de perfeito para a corrida!

O Holfgarten (crédito foto: Correr pelo Mundo)

Antes de voltar para o hotel, passamos mais uma vez no centro antigo de Düsseldorf, o nosso lugar preferido na cidade para um passeio. As fotos mostram como o sábado foi bem aproveitado!

E amanhã, é dia da METRO Group Marathon Düsseldorf. Certamente, um percurso bem agradável aos corredores – e agora, é esperar para que o calor não seja forte na hora da prova.

LEIA TAMBÉM:

Diário de Viagem – Düsseldorf – Dia 1

Diário de Viagem – Düsseldorf – Dia 3

Onde correr em Düsseldorf

Deixe uma resposta