A maior corrida da Europa

Em Barcelona, veja nossa avaliação da prova com maior participação popular da Europa: A Cursa El Corte Inglés, que contou com mais de 58 mil pessoas!

Na manhã de 03 de abril, aconteceu em Barcelona, na Espanha, a Cursa El Corte Inglés, considerada a prova com maior participação da Europa. Neste ano de sua 33ª edição, a prova chegou a 58.847 inscritos em um mês de inscrições abertas.

O motivo? A prova é gratuita, e organizada por uma verdadeira instituição espanhola, a cadeia de lojas de departamentos El Corte Inglés.

A largada foi dada às 9h30 na Praça de Catalunha, um dos principais pontos da cidade. E apesar do grande número de pessoas, a saída foi bem tranquila: mais à frente, largaram os corredores com chip próprio — na Europa, um bom número de corredores possuem seu próprio chip, que não é caro, sendo mais vantagem do que alugar um a cada prova —, e logo após vinham os corredores sem chip.

Caminho para a largada na Praça da Catalunha (crédito foto: Correr pelo Mundo)

Aguardando a largada (crédito foto: Correr pelo Mundo)

E é dada a largada (crédito foto: Correr pelo Mundo)

O percurso, de exatos 10.766m, era extremamente bem sinalizado, além de super bonito: com início no Passeig de Gràcia, uma das ruas mais lindas de Barcelona, seguindo pela Rua Aragó.

Os bombeiros deram uma força para refrescar os corredores (crédito foto: Correr pelo Mundo)

Logo após, chegava à região do Montjuïc, que por si só já valia a participação na prova, mesmo com as intermináveis subidas que esta parte do percurso trazia: a Praça de Espanha, o Palau Nacional, e uma passagem por dentro do Estádio Olímpico eram trechos inesquecíveis do trajeto.

Passagem pela obra Mulher e Pássaro, de Joan Miró (crédito foto: Correr pelo Mundo)

As Torres Venezianas da Praça da Espanha e, no fundo, o Palau Nacional e a Fonte Mágica (crédito foto: Correr pelo Mundo)

O Palau Nacional e a Fonte Mágica (crédito foto: Correr pelo Mundo)

No Estádio Olímpico, o funil para sair e o placar eletrônico com o número de participantes (crédito foto: Correr pelo Mundo)

No Estádio Olímpico, só caminhando (crédito foto: Correr pelo Mundo)

Nossa avaliação da prova:

– Vá pela festa, e não para fazer bons tempos. Em virtude do número enorme de pessoas que participam, há um grande número de caminhantes.

– Um dos pontos altos da prova é a passagem pelo Estádio Olímpico, simplesmente emocionante. Mas fique atento, pois este se torna um imenso funil no trajeto, e é praticamente inevitável ter que caminhar por ali.

– A organização é excelente. Locais de saída são muito bem sinalizados, há pessoal de apoio em praticamente todo o percurso, diversos postos da Cruz Vermelha ao longo do trajeto e dois postos de hidratação estrategicamente localizados: um logo após a temida subida do Montjüic e outro logo após a passagem pelo Estádio Olímpico. E não faltou água. No momento da inscrição, cada corredor recebeu um vale que poderia ser trocado por um refrigerante ou água na chegada.

Deixe um comentário