Corredor Viajante – Sandro da Silva – Meia Maratona de Quito

Veja como foi a participação de Sandro da Silva na Meia Maratona de Quito, no Equador, em 2011.

Prova: Meia Maratona de Quito

Relato enviado em 03 de agosto de 2011

No dia 10.07 tive a maravilhosa experiência de correr a Meia-Maratona de Quito no Equador.

Estava no país a trabalho, e como sempre faço, quando fico sabendo de alguma viagem, logo busco saber se haverá alguma prova no local, local para treinar, o clima, etc.

Quando fiquei sabendo que no período que estaria em Quito haveria uma Meia-Maratona, não exitei em me inscrever, mesmo tendo uma ideia do que enfrentaria devido a altitude da Cidade.

Quito fica a 2.850m de altitude, em alguns momentos, mesmo conversando tranquilamente o ar falta, você fica ofegante e não é uma sensação das mais agradáveis, dores de cabeça são bem comuns ao longo do dia.

Mas desafio aceito, de alguma forma tinha que me preparar.

Na semana da prova, consegui me programar para treinar por volta das 06:00 da manhã, mesmo com frio que beirava os 9 graus, mas com sensação térmica mais baixa, Saía para fazer meus treinos, mas sem tempo para realizar um treino mais longo.

Pensei em fazer uma prova “pra chegar” devido as dificuldades de tempo, clima e altitude, não pensei em fazer tempo em nenhum momento, este era meu objetivo, terminar a prova.

No dia da corrida, estava frio, cerca de 8 graus, apesar de ser Verão no Equador, dia um pouco nublado, mas ideal para uma prova assim.

Largamos exatamente as 07:30 da manhã, o Circuito era praticamente plano, com postos de água a cada 3 kilometros, isotônico em alguns pontos, frutas e até esponja úmida.

Junto com a Meia-Maratona, largou também uma prova de 15k e a Maratona que se iniciou as 05:30.

Apesar de estar receoso, me senti muito bem no início da prova, conseguindo manter um ritmo sempre abaixo dos 5min por km, o que me animou bastante. Fui neste ritmo até o final da prova, e consegui completá-la com o tempo de 1h42 que para mim foi um ótimo tempo, já que não tinha grandes expectativas quanto a tempo.

A prova é muito bem organizada, e o único ponto que posso colocar como negativo, é que não havia guarda-volumes o que fez com que muita gente que não tinha com quem deixar seus pertences, correr com mochila nas costas.

Se tiver oportunidade, no próximo ano, lá estarei novamente, foi mais um sonho e mais uma grande prova realizada.

Deixe um comentário